O Lobo

Conseguimos atingir os 70 km/hora O LOBO
Não sou tão mau como de mim dizem...!
Também andamos na neve
Quando nos juntamos formamos uma «alcateia»
Em Portugal ainda vivemos nas altas terras do Norte

Nas histórias do Chapeuzinho Vermelho, Pedro e o Lobo ou Os três Porquinhos, o lobo é sempre apresentado como um animal cruel e selvagem, impiedoso, quase sempre estúpido, pelo que é o perdedor em todas elas. Pelo contrário, a raposa é sempre esperta! Na verdade, o lobo pode ser feroz, matando algumas vezes mais ovelhas ou veados do que os que é capaz de comer. Mas ele também é tão esperto como a raposa, provavelmente até mais. Vive em grupos ou alcateias, com estruturas hierárquicas e normas sociais definidas. Os lobos sabem fugir das armadilhas e são astuciosos ao caminhar pela neve, onde cada animal põe as suas patas exactamente sobre as pegadas do que vai à frente. Na caça colaboram entre si com estratégias que revelam a sua grande inteligência.
Porque sempre foi considerado como uma ameaça directa para o Homem o lobo foi tão caçado que está quase em extinção na Europa. Existe ainda em grande número na Escandinávia, Sibéria, Ásia e em alguns locais da América do Norte. Os lobos acasalam na Primavera e no Verão, e o casal permanece junto o resto da vida. Reúnem-se em bandos durante o Inverno, sobretudo para caçarem em grupo. O famoso uivo do lobo é o sinal para o bando se reunir. Quando a vítima, um veado ou um porco ou uma ovelha são descobertos, a caçada é comandada pelo chefe do bando. O lobo consegue comer 5 a 6 kg de carne por refeição.
Pertence à Ordem dos Carnívoros e à Família dos Canídeos. Tem cerca de 1,40 de comprimento mais à volta de 50 cm de cauda, uma altura de 90 cm e um peso que pode atingir os 40 kg. A cabeça é grande, as orelhas são pequenas, as mandíbulas longas e o rabo comprido e felpudo. A coloração do pelo vai de preto a quase branco. Uma alcateia geralmente tem cerca de 12 animais, incluindo pais, filhos e parentes adultos. O macho ajuda a cavar uma toca subterrânea e um túnel que leva até ela, sempre perto do topo de uma colina, com uma visão clara do campo em volta. É um animal veloz, chegando a atingir os 70 quilómetros por hora.
Entre Abril e Junho e dois meses depois do acasalamento nascem de 3 a 9 filhotes. Entre as 4 e as 6 semanas são desmamados, e os pais regurgitam comida para eles. Entretanto vão aprendendo a caçar, permanecendo a família junta até que cresçam. Os laços familiares nestes animais são bastante fortes, uma vez que a união do macho com a fêmea é para sempre. Se um dos pais morre, o sobrevivente acumula as tarefas.
O seu tempo de vida oscila entre os 16 e os 20 anos.
Na Península Hibérica os 1500 a 2000 exemplares ainda existentes encontram-se refugiados em zonas montanhosas e agrestes na metade ocidental.

Clica aqui para ouvires o uivo do lobo

 

(Voltar)