A Ana e a Árvore  
  Era uma vez uma menina chamada Ana que vivia na aldeia. Ela tinha um cão e um rato.
Um dia olhou para uma árvore florida e pensou:
- Que linda! Vou plantar uma igual. Mas também gostaria que os pardais, os pica-paus e as cegonhas pudessem fazer os seus ninhos em cima dela.
Então a Ana foi buscar um sachinho e plantou no seu quintal aquela que depois se tornou a árvore mais bonita de todas.
Com elas fazia doce e vendia-o...
Passado uns tempos, ela já dava flores e frutos.
Depois que a sua árvore começou a dar flores e frutos, uma cegonha foi para lá construir o seu ninho e nasceram muitos filhotes.
A Ana ficou feliz e disse:
- Como eu gosto da minha árvore cheia de cegonhas e de cerejas!

A Ana esperava que a cegonha fosse buscar comida para os seus filhotes
e subia à cerejeira para ir buscar cerejas.

Com elas fazia doce e vendia-o a muitos meninos e meninas. Com venda de doce a Ana guardava dinheiro no seu pote. Depois os pais foram ver o dinheiro dela e disseram:
- Ganhaste muito dinheiro, filha.

-
Ó mãe com esse dinheiro eu penso ajudar os pobrezinhos.
Então sempre que via uma pessoa pobre dava-lhe dinheiro.  


 

 

 

 


(Continuar)