Alice era uma menina com muita imaginação.
Uma manhã em que estava a estudar no campo com a professora... adormeceu! Ela tinha o hábito de fechar os olhos... assim podia deixar vaguear a imaginação, liberta do controle dos mais velhos. E deixou-se levar...!