São conhecidas duas espécies: o Elefante Africano (maior) e o Asiático (mais pequeno, com orelhas menos largas e com uma protuberância frontal).
Encontra-se em África, na Ásia tropical e no arquipélago de Sunda. As sua defesas, que chegam a pesar 100 quilos, fornecem todo o marfim, principal motivo da sua caça, que é objecto de comércio e é manufacturado, especialmente na China e no Japão. É herbívoro, de uma cor castanha acizentada, e vive em grandes manadas. Animal fácilmente domesticável, principalmente o da Ásia (que tem as orelhas mais pequenas) é, mercê da sua inteligência e força, utilíssimo em transportes em zonas inacessíveis, e muito utilizado em espectáculos de circo.  
Os elefantes bebem cerca de 200 litros de água por dia e comem entre 150 e 300 kg de vegetais. Regularmente ingerem também terra rica em sais minerais, complementando a dieta, de modo a evitar carências alimentares. 
Vive até aos 150 anos e a fêmea tem uma gestação de 22 meses.Clique aqui para ouvir a voz do elefante

O  ELEFANTE
 
O elefante é o maior e o mais imponente dos habitantes da selva - o verdadeiro Rei! Concederam os homens ao leão uma realeza, por assim dizer, de direito. O elefante dispõe dela de facto. Tem a Força, a Inteligência e o Porte. Tudo, neste animal disforme, desproporcionado, poderoso e impressionante, inspira simpatia: o seu tronco caricatural de burguês, flácido e toscamente assente em quatro  pernas bambalhonas; a cauda pequenita e esfarripada, inconcebível em animal de tamanho vulto e, sobretudo, a enorme cabeça, com as orelhas inquietas, a tromba prescrutadora e fantasista, o riso alvo das presas e os olhitos cheios de zombeteira bonomia, formam um conjunto simpático e agradável que, quando não amedronta, faz sorrir e enternecer. O elefante africano macho é actualmente o maior animal terrestre, podendo atingir 3,5 metros de altura e 5,5 toneladas de peso. A sua pele é tão dura que resiste praticamente a quaisquer garras ou colmilhos. A cria, porém, é muito vulnerável e a mãe, auxiliada pelos outros membros da manada, protege-a com a maior solicitude, investindo contra qualquer animal que ameace molestá-la.

voltar